FESTA NO INTERIOR

A partir da adoção das diretrizes definidas para o processo de descentralização das políticas públicas em DST/aids, iniciado no ano de 2000 pela Coordenação Nacional de DST/aids, este projeto tinha como principal objetivo melhorar a qualidade do atendimento público em DST/aids nos municípios por ele alcançados, de acordo com o perfil epidemiológico de pauperização e interiorização da infecção pelo HIV. Partindo do consenso de que somente um esforço conjunto é capaz de conter o avanço da aids, o projeto propôs a realização de um consórcio intermunicipal, no qual se integram as Secretarias de Saúde de seis municípios, com a disposição de desenvolver políticas públicas regionalizadas, nelas integrando-se o poder público e a sociedade civil organizada, numa resposta efetiva à epidemia de aids na região.